quinta-feira, 7 de junho de 2018

Ministério do Trabalho age, multa Rapiddo e imprensa brasileira repercute o fato

Foto divulgação Ministério do Trabalho

A Superintendência Regional do Trabalho de São Paulo (SRT-SP) Ministério do Trabalho (MTE) autuou a Rapiddo, empresa do Grupo Movile, holding que controla marcas como iFood e Spoonrocket após investigações que duraram um ano. Leia mais aqui.

Os auditores-fiscais do trabalho expediram 14 autuações e duas notificações. Entre as irregularidades estão a falta de registro na carteira profissional dos motociclistas e recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Somados, os valores de multa e FGTS podem chegar a R$ 1 milhão.

A Rapiddo é a segunda maior empresa de motofrete com aplicativo multada pelo MTE. A Loggi, que também age da mesma forma, foi multada em R$ 2 milhões e obrigada a registrar mais de 500 funcionários. Leia mais aqui.

Abaixo, algumas mídias de âmbito nacional que publicaram e repercutiram a autuação:

Imprensa Ministério do Trabalho - clique aqui.

Folha de São Paulo - clique aqui.

Ig Brasil Econômico - clique aqui.

Convergência Digital - clique aqui.

Urgente News - clique aqui.

Correio Brasiliense - clique aqui.

O Atual - clique aqui.

EExpo News - clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário