terça-feira, 1 de agosto de 2017

Motociclistas da Loggi fazem protesto em SP



Mais de mil motociclistas protestaram hoje (1/8) nas ruas de SP contra a Loggi, que tem precarizado as relações de trabalho e, sistematicamente vem cometendo injustiças, como diminuir  o preço das corridas repassado aos motoboys. Em menos de um ano o valor diminuiu cerca de 50%. Retrocesso esse na garantia de um salário justo para quem se arrisca nas vias púbicas da capital.

Diante dos fatos, e da insistência da Loggi em prejudicar os motociclistas profissionais, a alternativa dos trabalhadores foi a manifestação no início da tarde que saiu do estádio do Pacaembu e foi até a prefeitura de SP, onde foram recebidos informalmente e aconselhados a pedir uma audiência pública na Câmara dos Vereadores de São Paulo para discutir o assunto.

O SindimotoSP entende que todos os atos para valorizar a categoria do motofrete são válidos, parabeniza os companheiros pela iniciativa e solidariza-se com os motociclistas que participaram e insiste, ainda, que o caminho é a regulamentação do setor através de convenções coletivas que garantem reajustes anuais e benefícios em documentos validados pelo Ministério do Trabalho e Emprego. 

O SindimotoSP já denunciou a Loggi e outras empresas de app de motofrete e aguarda posicionamento do Ministério Público do Trabalho e do Ministério do Trabalho e Emprego para tomar as medidas necessárias para defender os motociclistas profissionais.

Leia mais aqui e veja imagens abaixo da manifestação.
















Nenhum comentário:

Postar um comentário