quarta-feira, 9 de agosto de 2017

CLT X MEI: qual regime de trabalho compensa mais para o trabalhador? Faça a sua escolha!


CLT ou MEI: eis a questão!

Tem empresas que querem contratar você como MEI, mas exigindo o cumprimento dos deveres da CLT como horário fixo, respondendo à hierarquia empresarial, disponibilidade para chamadas a qualquer tempo e outras obrigações. Na verdade, e o que o trabalhador as vezes não percebe, é que essas organizações querem pagar barato para ter um empregado que obedeça apenas aos deveres trabalhistas da CLT, sem ela ter de cumprir a sua parte com os benefícios empregatícios, em contrapartida, os que estão no regime CLT as vezes precisam lidar com chefias intransigentes e autoritárias, baixos salários, entre outras questões.

Outro ponto negativo para MEI é a falta de estabilidade financeira, em uma rotina em que um mês pode entrar dinheiro, no outro não; por não poder contar com o FGTS, o MEI deve organizar muito bem as suas finanças para não passar aperto caso o serviço seja cancelado de uma hora pra outra. Porém, no sistema CLT a coisa também não está fácil e o desemprego toma conta do Brasil.

Vantagens CLT

Tem direito ao piso mínimo garantido por lei, periculosidade (30% do salário na carteira), aluguel da moto, cesta-básica, vale-refeição, convênio médico, odontológico e seguro de vida gratuitos, além de férias remuneradas de 30 dias, horário de almoço, pagamento de horas extras e adicional noturno, 13º salário, aviso prévio, FGTS, multa rescisão de trabalho, seguro desemprego, licença casamento, saúde, maternidade e paternidade remunerados, salário família e outras.

Desvantagens CLT

Subordinação direta, horário de entrada e saída, desemprego, entre outras.

Vantagens MEI

Devido à isenção dos impostos e da burocracia, quem é contratado desta maneira geralmente ganha mais, num primeiro momento, que contratados via CLT, tem jornada de trabalho flexível, presta serviços para várias pessoas ou empresas ao mesmo tempo, entre outras.

Desvantagens MEI

Paga todas as despesas como alimentação, transporte (gasolina), plano de saúde, conta de luz etc, do próprio bolso, tem tempo de espera / ociosidade para chamada de serviços. Além disso, é responsável pelo pagamento de seu INSS junto à Previdência Social, do Imposto de Renda para a Receita Federal, pode não receber por alguns trabalhos, jornada excessiva, entre outras.

CLT ou MEI: comparação

Caso você opte pela CLT, certifique-se de fazer isso em uma empresa que permita o seu crescimento e respeite seus direitos. Porém, se desejar ser MEI, prepare-se para trabalhar dobrado, obedecer ordens e trabalhar por muitas horas. Os ganhos salariais entre um e outro varia, bem como as responsabilidades. Agora, com as mudanças da Reforma Trabalhista, a tendência é piorar para os dois sistemas, mas lembramos que o da CLT sempre terá os tribunais trabalhistas para recorrer, enquanto que o MEI, o trabalhador deverá arcar com seus próprios recursos financeiros uma ação na justiça.


Em breve, publicaremos uma tabela com os valores comparativos e as diferenças de ganhos de CLT para MEI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário