quinta-feira, 22 de junho de 2017

SindimotoSP e Febramoto pedem fim da fiscalização da Lei do Baú para o Denatran


Em reunião no dia 21/06/2017 na sede do Denatran (Brasília) - Ministério das Cidades - Poder Executivo Federal, presidido por Elmer Coelho Vicenzi, o SindimotoSP e a Febramoto pediram o fim da fiscalização da Lei do Baú no Estado de São Paulo, que tem prejudicado milhares de trabalhadores devido a exigência da documentação da motocicleta precisar ter certificado de inspeção que libera uso de baú. O motociclista profissional para passar a moto de passageiro para cargo e poder usar o baú, gasta em média R$ 500,00. Em reuniões anteriores com o comando geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, o SindimotoSP conseguiu, temporariamente, a suspensão da fiscalização até o Denatran dar um parecer final.

No encontro, o Denatran pediu que os representantes dos motociclistas profissionais apresentem em outra reunião propostas para a Portaria 60 (Lei do Baú), além de planejamento específico para regulamentação do motofrete e mototaxi em todo Brasil, encontrando assim, soluções para as demandas da categoria e a regulamentação definitivamente sair do papel, trazendo benefícios para as categorias em todo País.

Presentes na reunião: Luiz Galvão - Presidente SindimotoDF, Gilberto Almeida dos Santos - Gil (centro) - Presidente do SindimotoSP e Rodrigo Silva - Diretor Relações Institucionais do SindimotoSP.


Leia mais aqui e aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário