segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Motociclistas estão sendo vítimas do golpe da multa falsa - proteja-se!


Motoca, se você recebeu multa em casa via correio e não lembra ter feito nada de errado, preste atenção porque pode estar sendo vítima de golpe. Criminosos têm enviado para residências boletos falsos com infrações de trânsito. A carta com a multa é idêntica à notificação oficial enviada pelo Detran, prefeituras e órgãos rodoviários.

As falsas multas costumam ter a foto da placa do carro e informam infrações com multas em valores baixos junto a um boleto de pagamento.  Andar sem o cinto de segurança, falar ao celular enquanto dirige, passar farol vermelho e parar na faixa de pedestres, estão entre as notificações comuns neste tipo de crime.

Especialistas explicam que, os órgãos primeiro notificam o motorista sobre a infração cometida para após enviar o boleto com o valor a ser pago e os pontos que serão computados na carteira do motorista. Se o contribuinte receber o boleto, sem ter sido notificado anteriormente, ele deve consultar os sites das instituições citadas acima para verificar se a infração de fato ocorreu.

Outro golpe vem pela internet via e-mails. Neste caso, mais do que notificar sobre supostas multas, alertas são enviados sobre a suspensão da CNH. Para incentivar que o contribuinte pegue o valor que consta no e-mail, os criminosos oferecem desconto de 40% para quitação dos débitos. A orientação é que o motorista não clique em nenhum dos links que constam nestes e-mails e que use os canais oficiais para consultar débitos em caso de dúvidas. 

O SindimotoSP também disponibiliza em sua sede despachante para orientações de segunda, quinta e sexta-feira das 13 às 17 hs.

Foto: divulgação / reprodução






Nenhum comentário:

Postar um comentário