quarta-feira, 5 de outubro de 2016

João Dória: prefeitura em 2017


Eleito no primeiro turno prefeito de São Paulo, o candidato fez história ao desbancar 3 ex-prefeitos e o prefeito atual, Fernando Haddad, que deixa a prefeitura com o maior índice de rejeição na capital paulista. Em seu discurso de vitória, lançou a candidatura de Alckmin à Presidência da República, em 2018.
SindimotoSP vê eleição de Dória com bons olhos porque o candidato recebeu durante à campanha as reivindicações (veja abaixo) para transformar o motofrete na capital melhorando a vida do trabalhador. Entre elas, está o fim da indústria da multa e volta da velocidade estipulada pelo Contran, principalmente nas principais via públicas como as Marginais Tietê e Pinheiros, as Avenidas 23 de Maio, Bandeirantes, Radial Leste, Rebouças, Nove de Julho, do Estado, Prestes Maia, Cruzeiro do Sul.
SindimotoSP entregou carta de reivindicações (abaixo) para João Dória na campanha

1) Fim da indústria da multa
2) Volta das motofaixas na capital
3) Criação de bolsões de estacionamento
4) Reativação do guichê do motofrete no DTP
5) Fiscalização nas empresas clandestinas
6) Campanhas educativas para motociclistas
7) Regularização das empresas de aplicativo
8) Sinalização de solo para motociclistas

Agora, o SindimotoSP pretende estabelecer agenda positiva a partir de janeiro de 2017 para obter as reivindicações melhorando em muito a vida do motociclista.

Dez compromissos de campanha de João Dória para a Prefeitura de São Paulo

  1. Elevar a velocidade máxima nas marginais: Dória disse que, no dia seguinte a sua posse como prefeito, restabelecerá a velocidade nas marginais Tietê e Pinheiros, para 90 km/h na via expressa e 70 km/h nas pistas locais. Haddad havia reduzido o limite para 70 km/h e 50 km/h, respectivamente, medida que causou polêmica. Haverá também campanhas educativas e sinalização de trânsito.
  2. Evitar a mobilização de agentes da GCM para aplicar multas de trânsito.
  3. Ceder à iniciativa privada a administração de estádio do Pacaembu, o autódromo de Interlagos e o Anhembi e cemitérios municipais.
  4. Atender usuários do SUS de madrugada e zerar fila de espera para exames.
  5.  Instalar BRT nos corredores e colocar ar-condicionado e WI-FI em todos os ônibus.
  6. Transformar as subprefeituras em prefeituras regionais, com orçamentos próprios.
  7. Levar tablets e rede wi-fi às escolas municipais e aumentar o número de CEUs.
  8. Criar agência e conselho municipais de ética para combater a corrupção.
  9. Implantar plano de combate ao racismo e garantir a diversidade étnica no governo.
  10. Criar o Poupatempo Empreendedor e o Empreenda SP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário