sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Haddad chama de demagogo quem deseja aumento de velocidade na capital.

Quando questionado por Luisa Erundina ontem (29/9) no debate na Rede Globo sobre suas propostas na área de mobilidade, Haddad fez questão de criticar todos os adversários que defendem o aumento da velocidade máxima nas vias de SP. De acordo com ele, os rivais fazem “demagogia barata”. Será que só ele tem razão e os outros estão errados?

O que dizem os candidatos

João Dória - A redução da velocidade máxima permitida nas marginais Tietê e Pinheiros será revogada na semana seguinte, afirmou ainda que acabará a indústria da multa em São Paulo, que obedecerá à legislação, mas sem essa obsessão, disse ao portal Ig.

Marta Suplicy - Para a candidata, São Paulo é muito dinâmica e não tem cidade que anda a 50 km. Isso precisa ser revisto, disse em entrevista à  BandNews FM

Celso Russomano - Pedirá estudos à Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) para rever a mudanças que foram feitas pela atual gestão. Ele quer retomar os 90 km/h na pista expressa das marginais. E vai estudar o limite nas outras vias, que hoje é de 50 km/h. Matéria sobre o assunto está no G1.




Nenhum comentário:

Postar um comentário