terça-feira, 2 de agosto de 2016

Motociclistas profissionais de todos os setores querem Regulamentação

Seja do setor Dia, Delivery, Diferenciado, Jornais e Revistas, os trabalhadores entendem que a regulamentação traz melhorias, padronização e mais credibilidade. Todos acreditam que a Lei Federal 12009 que regulamentou o motofrete e mototaxi trouxe qualificação, mas que é preciso fiscalização dos governos responsáveis para acabar com a clandestinidade.



Setor Jornal e Revistas

Valberto Jesus da Trindade tem 36 anos e trabalha há 3 como entregador de jornal. Antes de ser demitido, trabalhava das 2hs30 às 5 hs da manhã em São Paulo e Osasco entregando jornal. Por dia de trabalho era cerca de 200 jornais. Nesse período, foi roubado duas vezes, mas encontrou à motocicleta nas duas ocorrências. A favor da Regulamentação, Valberto diz que ela dá "cara" ao setor, qualifica os profissionais e faz com que os empresários respeitem mais os direitos dos motociclistas profissionais. "A madrugada é terra de ninguém, tem poucos policiais nas ruas, você vê muita coisa errada e tem que ter sangue frio, mas, a regulamentação da categoria trouxe segurança pelo menos na questão dos direitos trabalhistas", diz.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário