segunda-feira, 18 de julho de 2016

Gestão Haddad suspende emissão de Condumoto na capital. Motofrete não terá mais guichê exclusivo. Segundo Portaria nº 144 / 2016, motociclistas profissionais terão que esperar "modernização" do DTP.


Desde o dia 14 de junho, o SindimotoSP oficialmente não pode mais auxiliar os motofretistas na emissão de documentos relativos ao Condumoto, Licença Motofrete (Placa Vermelha) e Renovação do Alvará. O que antes levava em média 3 a 5 dias COM GUICHÊ EXCLUSIVO PARA MOTOFRETE, agora não tem previsão de quanto tempo demorará, bem como o valor que será cobrado, pois o DTP está "modernizando" e "reestruturando" o setor, além de estar terceirizando esse serviço.

Isso é falta de compromisso da prefeitura, desrespeito ao trabalhador e retrocesso na Regulamentação.

Causa também, no mínimo, estranheza o fato disso ser às vésperas das eleições e sobram perguntas como, por exemplo, quem de fato, a gestão Haddad quer beneficiar? Por quê isso não foi feito anteriormente? Por quê o SindimotoSP, assim como outras instituições que fazem parte de um grupo de trabalho municipal que buscam soluções para os problemas relativos a transportes e frete na capital, não foram comunicados antes ou sequer, solicitados a pelo menos "opinar" sobre o assunto?

Lembrando que mais essa arbitrariedade afeta também os trabalhadores dos setores de perua escolar, táxi e carga a frete.

Agora, todos terão que fazer por conta própria o serviço que já é burocrático ou optar pelos serviços que serão passados para uma empresa terceirizada que será contratada pela prefeitura para administrar (e ganhar) o serviço, antes feito no próprio DTP.

Descaso, indiferença, falta de políticas públicas são algumas das situações que percebemos na gestão municipal em relação a quem anda de moto na cidade e que deseja trabalhar regulamentado. De fato, prefeito, secretário e demais gestores públicos não se preocupam com motociclistas profissionais.

Portanto, o SindimotoSP, além de lamentar as atitudes da prefeitura com o trabalhadores, declara que os seguintes documentos:
  1. Condumoto e Renovação de Condumoto
  2. Licença Motofrete e Renovação Licença Motofrete (placa vermelha)
  3. Renovação de Alvará
A PARTIR DE AGORA SOMENTE SERÃO FEITOS NO DTP, ASSIM COMO RECLAMAÇÕES. 

O SINDIMOTOSP AGUARDA O DTP LIBERAR OS DOCUMENTOS QUE FORAM ENTREGUES ANTES DA PUBLICAÇÃO DA PORTARIA PARA ENTREGAR AOS MOTOCICLISTAS PROFISSIONAIS QUE ESTIVERAM NA SEDE DO SINDICATO.



Nenhum comentário:

Postar um comentário