segunda-feira, 11 de julho de 2016

Além de dizer não ao PLS 82/2011 no Senado Federal, Gil reivindicou aposentadoria especial para o motociclista profissional.

Gil disse não para PLS 82/2011 que alteraria Lei Federal 12009 que já regulamentou o setor.

Na mesma audiência reivindicou à aposentadoria especial para o motociclista profissional.

Em defesa dos motociclistas profissionais de todo Brasil, o presidente Gilberto Almeida dos Santos (Gil) esteve em audiência da Comissão de Direitos Humanos (CDH) no Senado Federal, em Brasília, e repudiou o Projeto de Lei do Senado (PLS) 82/2011 que pretende alterar a regulamentação da atividade de motofrete complicando mais ainda à vida do profissional que atua no setor. Para Gil, o PLS é retrocesso e possibilita a extinção da profissão de motofretista.

Na ocasião da audiência pública houve acordo com o presidente do colegiado, Paulo Paim (PT-RS), para apresentação de novo projeto de lei pelo SindimotoSP e grupo de trabalho, que atenda estas e outras reivindicações para o setor. Essa proposta de novo projeto poderia substituir o PLS 82/2011, em tramitação no Senado que causou manifestações e indignação em todo Brasil de motociclistas profissionais. Um dos itens que o presidente Gil quer é a aprovação da aposentadoria especial para motociclista profissional que já recebe periculosidade.

Vá até nosso portal e VOTE. Seu voto pode mudar sua vida.


Nenhum comentário:

Postar um comentário