quarta-feira, 2 de março de 2016

Ciclovias tiveram gastos superiores a R$ 52 milhões e já apresentam problemas em descaso do poder público da prefeitura da capital

Idealizada por projetistas urbanos e engenheiros, as ciclovias da capital mostram sinal de abandono, problemas de circulação e suspeita de superfaturamento, como mostrou matéria do G1 ano passado. O assunto foi tão sério na época, que uma decisão da 12ª Vara da Fazenda Pública, da juíza Paula Micheletto Cometti, exigiu que os números fossem divulgados.

Passado tempo, as faixas pensadas no que parece apenas no papel, apresentam problemas como apontou matéria de hoje (02/03) no Diário de SP. Veja abaixo.


Esse trecho foi recapiado com material não adequado para trânsito de bicicletas. 

Aqui, não há falhas na pintura e um poste da Eletropaulo bem no caminho. 

Novamente falta de sinalização para ciclistas e motoristas.

Pintura sem renovação, mal conservação e asfalto com rachaduras.

Incrível abandono de um investimento milionário, que não tem uso constante e, muitas vezes, trechos que custaram uma fortuna não ter sequer um ciclista usando a ciclofaixa.

ACORDA SÃO PAULO! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário