quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Taxa de desemprego no Brasil pode atingir 10% em 2016

O efeito mais crítico da crise econômica estará no País pelos próximos anos: o desemprego. A piora do mercado de trabalho deverá empurrar para cima a taxa de desemprego para mais de 10%. Os indicadores econômicos confirmam e apontam deterioração do mercado de trabalho.
De abrangência nacional, o desemprego medido pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), deve chegar a 10% já no primeiro trimestre, época em que chega ao fim as contratações de trabalhadores temporários, além da continuidade das demissões iniciadas no ano passado. 
No setor de motofrete, o que acentua o desemprego é a concorrência desleal das empresas clandestinas e de aplicativos, que cobram valor menor na entrega porque não respeitam as Convenções Coletivas do trabalhador, conquistadas pelo SindimotoSP. Nessas empresas, o trabalhador ganha, as vezes, mais salário maior, mas não recebem aluguel da moto, periculosidade, férias, 13º, VR, cesta básica, seguro de vida, plano médico e odontológico, multa de 40% na rescisão entre outros benefícios.
Se você está desempregado (a), veja como receber o seguro desempregado que tem parcelas entre R$ 880 e 1,5 mil.

Na dúvida, venha ao SindimotoSP para orientações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário