terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Seguradora Líder-DPVAT lança nova campanha

Proprietários de veículos precisam ficar atentos neste início do ano, afinal, é preciso ficar em dia com o Seguro DPVAT e o IPVA para licenciar a sua moto. Pensando nisso, a Seguradora Líder-DPVAT criou uma campanha, que está sendo veiculada na televisão. No filme, um motociclista surge em pleno voo, depois de um acidente. Preocupado, ele procura se lembrar se pagou ou não o DPVAT, o Seguro que indeniza vítimas de acidente de trânsito.
A nova campanha utiliza um tom descontraído para chamar atenção das pessoas, principalmente de jovens e motociclistas, que, de acordo com as estatísticas, apresentam maior incidência de acidentes. Quando o motorista que é proprietário de um veículo está inadimplente, ele perde o direito aos benefícios do Seguro DPVAT, em caso de morte, invalidez em caráter permanente e reembolso de despesas médicas. Todas as outras vítimas envolvidas terão direito ao seguro, excluindo o proprietário inadimplente.
A importância de pagar o Seguro DPVAT é percebida quando ocorre um acidente de trânsito. Os seus benefícios minimizam o impacto repentino que é causado a todos os envolvidos no acidente. Por ser universal, todo cidadão está coberto, seja na condição de pedestre, passageiro ou motorista.
As peças serão exibidas até o dia 25 de março em comerciais de TV aberta e fechada.
Saiba quanto, como e quando pagar o Seguro DPVAT
Os valores dos prêmios do Seguro DPVAT, em 2016, são R$ 105,65 para automóveis; R$ 292,01 para motocicletas e R$ 110,38 para caminhões e caminhonetes. Ônibus e micro-ônibus com cobrança de frete e lotação de mais de 10 passageiros pagarão R$ 396,49 e Ônibus e micro-ônibus sem cobrança de frete ou com lotação de até 10 passageiros, com cobrança de frete, R$ 247,42. Os proprietários dos ciclomotores de até 50 cilindradas, incluídos na nova categoria 8, pagarão o valor de R$ 134,66.

Os vencimentos seguem sempre o calendário do IPVA de cada Estado.
Motocicletas, ônibus, micro-ônibus e vans, usados, tem a opção de pagar parcelado, mas o parcelamento não se aplica a exercícios anteriores (em atraso) nem a veículos que estão sendo licenciados pela primeira vez (0 km). O parcelamento ocorrerá em 3 parcelas de valor fixo, a serem pagas consecutivamente, no vencimento das parcelas 1, 2 e 3 do IPVA.
Em caso de transferência de propriedade, o mais indicado é pagar à vista, mesmo que o seguro do veículo possa ser parcelado. Isso porque o veículo precisa estar regularmente licenciado para efeitos de transferência e isso ocorrerá somente após a quitação integral do seguro.
As guias de pagamento podem ser geradas e impressas pelo site www.dpvatsegurodotransito.com.br/pagamento. Nesse link, o proprietário de veículo pode ver a tabela de valores dos prêmios. Ao clicar no seu estado no mapa do Brasil, é possível saber em quais bancos as guias de pagamentos podem ser geradas e quitadas.

O licenciamento anual do veículo está condicionado à quitação do prêmio do Seguro DPVAT. O proprietário que estiver inadimplente com o Seguro DPVAT, além de estar irregular perante a lei, perde o direito a indenização caso seja vítima do acidente de trânsito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário