quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Multas na capital resultam em arrecadação milionária para à prefeitura. E o prefeito FERNANDO HADDAD diz QUE "arrecadação com multas é irrelevante".

 Diário de SP de hoje publicou matéria com o título 25 multas por minuto.


Jornal aponta ainda RANKING da canetada:

11.848.201 multas foram aplicadas pela prefeitura em 2015 sendo que:

35.474 multas foram aplicadas por DIA

1.478 multas foram aplicadas HORA

25 multas foram aplicadas por MINUTO

3.453.950 multas foram aplicadas por "MARRONZINHOS"

8.394.251 multas foram aplicadas por RADARES"

TODAS ESSAS MULTAS RENDERAM ANO PASSADO MAIS DE R$ 1 BILHÃO DE REAIS. E O PIOR: PARA ONDE FOI ESSA GRANA, SÓ PREFEITURA SABE.

E o prefeito FERNANDO HADDAD diz QUE: "arrecadação com multas é irrelevante".

E o secretário Municipal de Transportes JILMAR TATTO afirma categoricamente que: "não existe indústria da multa na cidade.

Não dá para aceitar que os motociclistas e motoristas sejam onerados dessa forma, pois não há campanhas educativas, não há políticas públicas para motociclistas e não se deve priorizar um modal, no caso transporte público, e prejudicar outros.

Até agora, o prefeito Haddad não conversou com os motociclistas, pelo contrário, tirou bolsões de estacionamento e motofaixas para fazer ciclovias ocupadas por "fantasmas", além de muitos trechos oferecerem perigos como já provaram acidentes ocorridos inclusive com mortes.

Esse ano, quando começar o licenciamento de documentos, muitos motociclistas profissionais terão dificuldades devido as multas que tomaram, além de não poderem fazer o Curso de 30 horas obrigatório do Contran devido as restrições.

  


Nenhum comentário:

Postar um comentário