terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Mudança de atitude e prioridade a motociclistas pode reduzir acidentes. Essa é uma das conclusões da 2ª Conferência Global de Alto Nível sobre Segurança no Trânsito.

O encontro que teve a participação de mais de 130 países membros da Organização das Nações Unidas (ONU) elaborou a “Declaração de Brasília”, em que os países se comprometem a priorizar, também, motociclistas. A diminuição do número de acidentes no trânsito depende da mudança do comportamento das pessoas, investimentos em novas tecnologias para aumentar a segurança dos veículos e aumento das fiscalizações, diz o documento produzido que será levado para à ONU no sentido de contribuir com o programa Década Mundial de Ações Para a Segurança do Trânsito - 2011/2020.







Nenhum comentário:

Postar um comentário