quarta-feira, 25 de novembro de 2015

SindimotoSP obtém mais uma conquista na DRT - Ministério do Trabalho contra empresa WAF Transportadora Expresso

Mais uma vez, diante das irregularidades, o SindimotoSP obteve vitória na queda de braço com a WAF que não está respeitando os direitos dos companheiros.

Em audiência realizada ontem (24/11), a empresa teve que explicar para o Ministério do Trabalho porque não está cumprindo as exigências da Convenção Coletiva Setor Dia 2015 / 2017.

Diante do representante da DRT / MTE-PS, a empresa não explicou e provou estar em dia com os trabalhadores em alguns assuntos como salários, VR, manutenção da moto e outros.

O que deverá providenciar IMEDIATAMENTE, porém, é o reajuste da Cláusula 21 que diz ser o valor do seguro de vida (apólice) R$ 25 mil e não R$ 15 mil como fizeram na contratação de seguro mais barato e prejudica o trabalhador.

O SindimotoSP ainda exige da empresa o pagamento da multa de 10% do salário mínimo pelo descumprimento da convenção que deve ser repassado ao motociclista. Dia 3/12 está marcada nova audiência.

Veja abaixo a ata da reunião expedida pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Estado de SP - Gerência Regional do Trabalho e Emprego em SP - 2 Sul





Nenhum comentário:

Postar um comentário