sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Moralização do setor de motofrete. Pela extinção de sindicato fantasma

Sindicato laboral de gaveta perde na justiça direito de 

representatividade.

Decisão do Poder Judiciário Federal / Justiça do Trabalho, 

determina eleições sindicais imediatas.

A Juíza do Trabalho Angela Favaro Ribas – Poder Judiciário Federal / Justiça do Trabalho - 2ª Região / 77ª Vara do Trabalho de São Paulo – Capital, através do Processo: 0001924-42.2014.5.02.0077 Pag.1, com anuência do procurador do Ministério Público do Trabalho Bernardo Leôncio Moura Coelho, determinou em ata de audiência que seja dado prosseguimento do processo eleitoral para eleger os representantes do sindicato laboral da cidade de São Paulo, devendo porém, ser observadas as exigências constantes do estatuto do sindicato dos motoboys.

A categoria obteve a vitória e exige que os representantes sejam escolhidos pelos motociclistas profissionais e requer que, motofretista com mais de um ano como sócio, tenha a possibilidade de se candidatar para concorrer a direção do sindicato.

A associação ao sindicato é livre e eventual dificuldade ou impossibilidade da realização deste ato deverá ser objeto de denúncia junto ao Ministério Público do Trabalho ou ajuizamento de ação trabalhista.

Nos próximos dias sairão as formas e meios para a realização da eleição.

Sindicato patronal do motofrete agora é o Sedersp

Em decisão da Juíza Fernanda Zanon Marchetti – Poder Judiciário Federal / Justiça do Trabalho – 2ª Região / 60ª Vara do Trabalho de São Paulo – Capital, o Semmec teve a suspensão do registro de sindicato patronal do motofrete devida a documentação apresentada pelo Sedersp que comprova fraude executada por parte do Semmec que, agora tem todas as atividades suspensas, sob risco de pagamento de multa de R$ 50 mil por ato praticado, até que a audiência de 8 de janeiro seja realizada.

VEJA ABAIXO ATA DA AUDIÊNCIA REFERENTE A NOVA ELEIÇÃO PARA O SINDICATO DOS MOTOBOYS DA CIDADE DE SÃO PAULO


VEJA ABAIXO ATA DA AUDIÊNCIA REFERENTE AO CANCELAMENTO DO REGISTRO DO SEMMEC E CERTIFICAÇÃO QUE O SEDERSP É O REPRESENTANTE PATRONAL DO SETOR DE MOTOFRETE



Nenhum comentário:

Postar um comentário