quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Colete oferece mais segurança para o motofretista e é de uso obrigatório segundo Lei Federal 12009


O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) exige desde 2009, através da Lei Federal 12009, a obrigatoriedade do uso de coletes com faixas reflexivas para quem é motofretista. O objetivo da lei é oferecer mais segurança aos trabalhadores da categoria.


Colete

Com a lei, o uso do colete é obrigatório para todo motociclista que utilize sua motocicleta para o transporte remunerado de carga ou pessoas. Seguindo as exigências, o equipamento deve possuir faixas retrorefletivas dispostas verticalmente, de forma que a visualização fique facilitada à noite e em momentos de baixa luz, além de ter o selo de aprovação do Contran / Denatran.

Quanto custa

Os preços variam de R$ 60 a R$ 300,00 devido o material e disposição de outros itens no produto como mangas, bolsos laterais etc. Eles podem ser encontrados em motopeças, lojas especializadas e outras.

O que diz a Lei nº 12.009 - Art. 2º - Para o exercício das atividades previstas no art. 1º, é necessário: Inciso IV – estar vestido com colete de segurança dotado de dispositivos retrorrefletivos, nos termos da regulamentação do Contran.

Nenhum comentário:

Postar um comentário