quarta-feira, 30 de setembro de 2015

UGT destaca em seu portal texto sobre cobrança do SindimotoSP ao MTE pelo cumprimento imediato das Convenções Coletivas de Trabalho nas empresas de aplicativo que exploram o setor de motofrete

Clique aqui e leia texto.

Empresas de aplicativo estão precarizando relações trabalhistas e tirando dos motociclistas direitos como adicional de periculosidade, férias, 13º, recolhimento do INSS para aposentadoria, aluguel da moto, VR, cesta-básica, entre outros. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário