quinta-feira, 9 de julho de 2015

SindimotoSP e Simpi fecham Convenção Coletiva 2015/2016

O sindicato dos motoboys de São Paulo fechou mais uma convenção coletiva que beneficia os trabalhadores motociclistas profissionais que atuam nas micros e pequenas indústrias do tipo artesanal do Estado de São Paulo. 

Com o reajuste, o salário do trabalhador desse setor foi para R$ 1.196,00 e o adicional de Periculosidade subiu para R$ 358,89. Na hora do almoço, o trabalhador terá R$ 17,99 em tíquete vale-refeição por dia. Já o aluguel da moto passou para R$ 640,82, a cesta-básica para R$ 71,54, o seguro de vida, em caso de morte acidental, foi fixado em R$ 25 mil. 

O convênio médico, a empresa paga até R$ 110,00 e ainda deve conceder convênio odontológico grátis. Já o Ponto foi fixado em R$ 9,15, o piso mínimo para ciclista ficou em R$ 1.080,00 e para o funcionário administrativo R$ 1.196,30.

Assinatura da Convenção Coletiva 2015/2016 foi na sede do SindimotoSP

Convenção Coletiva garante direitos do trabalhador e legitima SindimotoSP como representante dos motociclistas profissionais do Estado de São Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário