sexta-feira, 3 de julho de 2015

Liminares da Abir, Confenar (AMBEV) e Empresas de Logística da Distribuição derrubaram pagamento provisoriamente da periculosidade para motociclistas profissionais que trabalham para eles.

O SindimotoSP entende que a Lei Federal 12.997 - que dá ao trabalhador de motocicleta o direito de receber a periculosidade - tem que ser obedecida, portanto, as liminares das citadas associações afrontam a razoabilidade e legalidade jurídica, bem como fere o direito desses trabalhadores.

O que as devidas associações estão fazendo é retardar o pagamento do benefício do trabalhador.
O SindimotoSP não poupará esforços para combater essa injustiça e já entrou com recurso como terceiro interessado em lutar veementemente contra essas liminares absurdas.
Leia mais sobre o assunto no portal do sindicato em www.sindimotosp.com.br 

Leia aqui a edição 52 do Jornal A Voz do Motoboy

Nenhum comentário:

Postar um comentário