segunda-feira, 22 de junho de 2015

SindimotoSP leva Speed Motors Entregas Rápidas para Mediação Coletiva no Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) – Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Estado de São Paulo

Hoje, às 10 horas da manhã, a Speed Motors teve que dar explicações para o Ministério do Trabalho porque não está cumprindo com as determinações da CLT e da Convenção Coletiva com seus trabalhadores. O SindimotoSP também pediu explicações ao Banco do Brasil que contratou a referida empresa, porém, a instituição financeira não compareceu e foi citada pelo Ministério do Trabalho no documento oficial.

A Speed Motors foi denunciada para o MTE pelo SindimotoSP que tentou evitar essa situação de forma amigável, porém, sem sucesso.

Com parecer favorável ao SindimotoSP, o MTE aguardará 20 dias a empresa realizar as seguintes tarefas:

1.   Mudar do 6º para o 5º dia útil do mês o dia do pagamento.
2.   Abrir contas bancárias para todos os motociclistas profissionais contratados.
3.   Apresentar comprovante de pagamento do adicional de periculosidade.
4.   Apresentar comprovantes de pagamentos dos últimos 6 meses de: seguro de vida, convênio odontológico e cesta básica.
5.  Readequação dos indicativos de excedentes da pontuação, garantindo também o pagamento do salário integral mesmo que não seja completo os pontos que totalizam o salário piso. Em documento deverá estar garantido que o trabalhador receberá o piso mínimo mesmo que não complete a pontuação mínima.

Agora, tanto o Ministério do Trabalho quanto o SindimotoSP aguardará os dias prescritos para que a empresa cumpra suas obrigações.


O SindimotoSP avisa ainda eu irá de porta em porta, contrato em contrato, das empresas que não estiverem pagando corretamente seus funcionários, bem como descontando do holerite dos mesmos, as contribuições assistencial e sindical e não repassando ao sindicato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário