sexta-feira, 29 de maio de 2015

SindimotoSP participa hoje (29/5), de greve geral contra PL 4330 e mudanças nos direitos dos trabalhadores

Centenas de motociclistas saíram da sede do SindimotoSP, no Brooklin Novo, agora pela manhã, rumo à Avenida Paulista para juntar-se a outros trabalhadores de várias categorias e participar do Dia de Paralisação Geral que acontece em todo Brasil nessa sexta-feira. Outras dezenas de motofretistas confirmaram presença e se juntarão aos que já saíram para à Avenida Paulista no decorrer do caminho.

Em conjunto com outros sindicatos, várias centrais sindicais e movimentos populares, o SindimotoSP faz história e contribui na defesa dos direitos dos trabalhadores do setor de motofrete.

O PL 4330, a terceirização, a corrupção e outros assuntos que afetam diretamente a vida dos profissionais do setor são alguns dos motivos que levaram o sindicato dos motoboys de São Paulo, presidido pelo companheiro Gil, estar nas ruas reivindicando os direitos trabalhistas que estão sendo “roubados”.

No setor público e privado, no campo e na cidade, a proposta é cruzar os braços contra o PL 4330 da terceirização, contra as MPs 664 e 665 editadas pelo governo federal e contra o ajuste fiscal que corta recursos das áreas sociais, como educação e moradia.


Veja aqui mais sobre o assunto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário