sexta-feira, 15 de maio de 2015

Polícia Civil realiza blitz relâmpago e encontra desmanches de motos roubadas na região central de SP

Operação investigava denuncias na área conhecida como "boca das motos". O objetivo foi combater o comércio ilegal de peças na região.

A Polícia Civil flagrou na manhã da quarta-feira (13) um grande desmanche de veículos na Rua dos Gusmões, na região central da Capital. Em seguida, encontrou outros desmanches ilegais nas Ruas Guaianases e General Osório. No total, quase 300 chassis de motos roubadas foram apreendidos, além de centenas de peças e documentos falsificados. De acordo com dados oficiais, no Estado de São Paulo cerca de 110 motos são roubadas por dia.

A ação foi resultado de um trabalho de investigação de policiais da 3ª Delegacia de Investigações sobre Roubo e Furto de Veículos (Divecar) do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). A operação contou, inclusive, com o auxílio do helicóptero Pelicano da Polícia Civil. Um homem que não teve nome revelado foi preso e responderá por receptação.

O roubo de motocicletas no Brasil vem assumindo proporções gigantescas, a ponto de alguns modelos de motos terem o preço de seu seguro mais caro do que de alguns carros de luxo, e parte dessa culpa é dos próprios motociclistas que compram peças em desmanches.

O SindimotoSP realiza campanhas de conscientização para que os motociclistas profissionais não comprem peças em desmanches ou que não tenham nota fiscal. 

O portal Moto Roubada (www.motoroubada.com.br), site que realiza o Cadastro Nacional de Motos Roubadas com objetivo de recuperar motocicletas roubadas, promove uma petição pública em prol da segurança dos motociclistas de todo o país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário