sexta-feira, 8 de maio de 2015

Estudo mostra que 1.152 pessoas foram vítimas fatais de acidentes de trânsito em 2013 na capital

O Relatório Anual de Acidentes de Trânsito Fatais de 2013 mostra ainda as vias que contabilizaram maior número de mortes de trânsito. Do total geral, 383 acidentes fatais ocorreram em uma dessas ruas e avenidas sendo que, 478 eram motociclistas.
No topo da lista, a Marginal Tietê foi eleita a mais perigosa em 2013. Nela, 21 motociclistas perderam a vida. Em 2012, ela tinha registrado 49 mortes. Em seguida aparece a Marginal Pinheiros, com 24 mortes. 
O SindimotoSP conseguiu a implantação de uma faixa de segurança na Marginal Pinheiros, que será disponibilizada em breve (leia mais aqui).
Destes 1.152 mortos no trânsito, 478 eram motociclistas e 35 ciclistas. Do total geral de BOs, 81,3% eram homens e 18,7% mulheres.

Rodovia da morte

O trecho urbano da Fernão Dias foi considerado o mais perigoso entre as rodovias e o quinto no total com maior registro de vítimas fatais.

CONFIRA A LISTA DAS VIAS COM MAIS ACIDENTES

1º: Marginal do Tietê – 50 mortes
2º: Marginal do Pinheiros – 30 mortes
3º: Avenida Aricanduva – 18 mortes
4º: Estrada do M’Boi Mirim – 18 mortes
5º: Avenida Jacu Pêssego/Nova Trabalhadores – 17 mortes
6º: Avenida Senador Teotônio Vilela – 17 mortes
7º: Avenida Salim Farah Maluf – 15 mortes
8º: Avenida Sapopemba – 15 mortes
9º: Avenida Engenheiro Armando de Arruda Pereira – 14 mortes
10°: Avenida Ragueb Chohfi – 13 mortes
11°: Avenida do Estado – 12 mortes
12°: Avenida Interlagos – 11 mortes
13°: Avenida Deputado Cantídio Sampaio – 10 mortes
14°: Estrada de Itapecerica – 10 mortes
15°: Avenida Itaquera – 9 mortes
16°: Avenida José Pinheiro Borge – 9 mortes
17°: Avenida São Miguel – 9 mortes
18°: Avenida Marechal Tito – 9 mortes
19°: Avenida Raimundo Pereira de Magalhães – 8 mortes
20º: Avenida Robert Kennedy – 8 mortes
21º: Avenida Jornalista Roberto Marinho - 8 mortes
22º: Estrada do Campo Limpo – 7 mortes
23º: Avenida Giovanni Gronchi – 7 mortes
24º: Rua Dr. Luís Ayres – 7 mortes
25º: Avenida Sadamu Inoue – 7 mortes
26°: Estrada da Baronesa – 6 mortes
27°: Avenida Celso Garcia – 6 mortes
28º: Avenida Imirim – 6 mortes
29º: Avenida Itaberaba – 6 mortes
30º: Estrada do Pêssego – 6 mortes
31º: Avenida Rebouças – 6 mortes
32º: Avenida Cupecê – 6 mortes
33º: Avenida Afonso D’Escragnolle Taunay – 5 mortes
34º: Avenida Afonso de Sampaio e Souza – 5 mortes
35º: Avenida Santo Amaro – 5 mortes
36º: Avenida Belmira Marim – 5 mortes
37º: Avenida Elísio Teixeira Leite – 5 mortes
38º: Avenida Francisco Matarazzo – 5 mortes
39°: Avenida Guarapiranga – 5 mortes
40º: Estrada do Imperador – 5 mortes
41º: Avenida Jabaquara – 5 mortes
42º: Avenida João Dias – 5 mortes
43º: Estrada Dom João Nery – 5 mortes
44º: Estrada Engenheiro Marsilac – 5 mortes
45º: Avenida Nove de Julho – 5 mortes
46º: Avenida Prestes Maia – 5 mortes
47º: Avenida Vinte e Três de Maio – 5 mortes
48º: Avenida Alcântara Machado – 4 mortes
49º: Rua Dr. Assis Ribeiro – 4 mortes
50º: Avenida dos Bandeirantes – 4 mortes

Aproveite e leia aqui o artigo O alto preço que se paga por infrações de trânsito cedido gentilmente pela Seguradora Líder.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário