sexta-feira, 17 de abril de 2015

SindimotoSP para KLC até direitos dos trabalhadores serem respeitados

É isso mesmo... no último dia 13, o SindimotoSP esteve na sede da empresa de motofrete KLC Transportes reivindicando os direitos da CLT e da Convenção Coletiva da categoria dos trabalhadores que estavam sendo desrespeitados. Entre eles, falta de registro em carteira e EPIs obrigatórios, pagamento de VR abaixo do valor acertado em convenção, não pagamento do aluguel da moto, descontos indevidos, não entrega de cesta-básica, pagamento depois do 5º dia útil do mês, entre outros.

Porém, o principal item reivindicado era o não pagamento da periculosidade que se tornou obrigatório desde 5 de janeiro de 2015, quando o MTE publicou portaria obrigando o pagamento aos motociclistas profissionais. 

O presidente Gil, sensibilizado com os problemas enfrentados pelos companheiros, contatou a empresa diversas vezes e solicitou o acerto imediato das pendências. 

A empresa mostrou-se intransigente e assim, foi convocada uma assembleia extraordinária com os funcionários para discutir o assunto. Nela, decidiram pela greve, que foi deflagrada e parou a empresa das 8 até às 15 horas do dia 13 de abril.

O vice-presidente Nego Gerson coordenou o movimento e não "arredou o pé" até que fosse recebido com uma comissão de funcionários pelos proprietários da empresa. Porém, os "patrões" só receberam a comissão quando o companheiro Nego Gerson afirmou que iria bater de porta em porta, nos contratos da empresa.

Vitória obtida

O SindimotoSP então, conseguiu firmar acordo com a KLC que pagará a periculosidade imediatamente para 60% dos funcionários, os outros 40% receberão no mês que vem. Em seguida, a empresa se comprometeu através de documento, com o pagamento do retroativo da periculosidade desde outubro de 2014 a cada 2 meses, até zerar o débito com os funcionários.

Isso é demontração de força e união. 
Parabéns companheiros que foram para cima e conseguiram o pagamento.
Outras reivindicações serão atendidas na sequência.

Se você está com seus direitos sendo tirados de seu holerite, venha ao sindicato para buscarmos uma solução.

Veja abaixo imagens da reunião.











Nenhum comentário:

Postar um comentário