quarta-feira, 5 de novembro de 2014

SindimotoSP reúne-se com GTT para discutir Regulamentação na cidade de SP

No dia 28/10, o Grupo de Trabalho Tripartite (GTT) municipal, formado pelo poder público municipal, SindimotoSP e instituições do setor de transporte, estiveram reunidos pela 3ª vez para encontrar soluções rápidas, a médio e longo prazo para a questão da regulamentação na capital paulista.

O objetivo foi formalizar os processos relativos à atividade de motofrete na cidade. Na reunião também foi possível iniciar as discussões em torno da regulamentação para aprimorar a atividade econômica e a questão da circulação dos motofretistas na cidade.

Também estava na pauta, a criação de campanhas educativas e orientativas específicas para motofretistas e motoristas, bem como o desenvolvimento de novas modalidades de sinalização das vias públicas para melhorar e ampliar a segurança do motociclista profissional no exercício da profissão. Uma reivindicação do SindimotoSP também foi apresentada: a ampliação imediata de bolsões de estacionamento específicos para à categoria.

Um dos pontos em que o SindimotoSP aproveitou para falar, inclusive, foi a questão da fiscalização da regulamentação. O sindicato entende que uma categoria regulamentada pode reivindicar direitos como isenção de impostos e taxas e, ainda, que, se a capital sair na frente, as outras cidades seguirão o caminho.

Na próxima reunião, que acontece semana que vem, os órgãos públicos trarão respostas para algumas questões. O SindimotoSP está trabalhando para que ainda esse ano algumas reivindicações sejam atendidas. Presentes estavam a CET, o DTP/SPTrans, o DSV, o Detran, o SindimotoSP, a UGT, a Abramet, o Sedersp e a Abraciclo.



Clique aqui e veja imagens do ato pacífico que o SindimotoSP fez em relação ao fim da motofaixa e retirada de bolsões de estacionamento no centro da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário