sexta-feira, 24 de outubro de 2014

SindimotoSP reúne-se com GTT para buscar soluções para o motofrete da Capital

O Grupo de Trabalho Tripartite (GTT) foi criado a partir da manifestação pacífica que o sindicato promoveu contra o fim dos bolsões e motofaixas na cidade de São Paulo e produzirá contribuições para aprimorar a regulamentação da atividade econômica de motofrete.

Com o objetivo de buscar soluções práticas e imediatas para o motofrete paulista, o SindimotoSP, que faz parte do grupo de trabalho tripartite criado pela prefeitura municipal, esteve com representantes do poder público municipal e instituições na segunda quinzena de outubro.

Na reunião foram discutidos os seguintes assuntos: implantação do PPM (Programa de Proteção ao Motociclista); bolsões de estacionamento para motofretistas; criação e sinalização de corredores virtuais; fiscalização regular nas empresas clandestinas e campanha educativas e de orientação para o setor.

O GTT de Motofrete é constituído por:

Companhia de Engenharia de Tráfego - CET - Diretor de Planejamento, Projeto e Educação de Trânsito: Tadeu Leite Duarte

Departamento de Transportes Públicos - DTP - Diretor: Daniel Telles Ribeiro

Departamento de Operação do Sistema Viário - DSV - Diretor: Roberto Vitorino dos Santos

SINDIMOTOSP - Gilberto Almeida dos Santos / Rodrigo Silva / Gerson Silva / Gerson Cunha / Sandro Soares Tuna

UGT: Ricardo Patah / Francisco Canindé Pegado

ITEP - Paulo Sergio Pirassol

ABRAMET - Dr José Heverardo da Costa Montal / Dr Roberto Douglas Moreira


ABRACICLO - José Eduardo Gonçalves / Sergio Martins de Oliveira / Wilson Yasuda.

Abaixo imagens da manifestação pacífica que o SindimotoSP realizou e as reuniões que resultaram na criação do Grupo de Trabalho Tripartite (GTT).






Clique aqui e veja mais fotos da manifestação.

SindimotoSP, aqui o trabalhao não para... nunca!

Nenhum comentário:

Postar um comentário