segunda-feira, 16 de junho de 2014

Projeto que garante adicional de periculosidade para motofretistas e mototaxistas será sancionado nesta quarta-feira (18) pela presidenta Dilma Roussef

O projeto de lei que prevê adicional de periculosidade para os motociclistas profissionais será sancionado pela presidenta Dilma Rousseff nesta quarta-feira (18/6), às 17h30 em Brasília. 

O projeto modifica a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e inclui as atividades de motofretista e mototaxista conforme prevê a própria CLT, aos profissionais que exercem ocupações de risco e têm direito ao adicional de 30% sobre o salário.

"Essa é uma conquista que não tem precedentes, trabalhamos muito para que viesse e beneficiasse nossa categoria. Agora, com a sanção da presidenta Dilma Roussef, o trabalhador do setor terá mais 30% de aumento, além do já obtido esse ano na Convenção Coletiva", diz Gilberto Almeida dos Santos, presidente do SindimotoSP.

Motofretistas sempre apoiaram o SindimotoSP nas reivindicações para à categoria. Pagamento de periculosidade sempre foi uma delas.

Mais informações há qualquer momento, acompanhe nosso site e redes sociais para ficar informado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário