terça-feira, 3 de dezembro de 2013

SindimotoSP mostra firmeza, diz "não" ao fim das motofaixas e conquista vitória com a permanência da motofaixa da Rua Vergueiro

Nosso sindicato mostrou "pulso firme"  na mesa de negociação com à prefeitura e obteve grande vitória com a permanência da motofaixa na Rua Vergueiro, independente do boicote dos empresários em relação a manifestação proibindo a vinda dos companheiros e até ameaçando com demissões. 

Outra conquista importante foi a criação de um grupo de trabalho para que outras reivindicações sejam negociadas. O intuito do SindimotoSP é, ainda esse ano, ter respostas para os problemas enfrentados pelos companheiros no exercício da profissão.

Além de reivindicar mais motofaixas, também queremos a sensibilização da prefeitura para os seguintes itens:

1. Implantação de programas de proteção ao motociclista (PPM)

2. Mais cursos gratuitos de 30 horas na capital


3. Sinalização de solo para circulação de motos entre os corredores de carro


4. Mais estacionamentos para motofretistas


5. Linha de financiamento para motofrete


6. Facilitação na emissão do Condumoto e Licença Motofrete (placa vermelha)


7. Fiscalização / lacração de empresas clandestinas




Gil, presidente do SindimotoSP entrega pauta de reivindicações para sensibilização do poder público municipal em relação aos problemas dos motofretistas de São Paulo.


Toda diretoria do SindimotoSP, além de outros sindicatos simpatizantes à causa dos motofretistas, estiveram presentes no evento que "virou o jogo" em relação a desativação das motofaixas.



No fim do evento e da reunião, o cansaço se transformou em alegria pela permanência da motofaixa que salvará muitas vidas, bem como o início de um novo tempo de negociações entre o SindimotoSP e a Prefeitura com um grupo de trabalho que foi criado. 
Com isso, todos ganham. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário