quinta-feira, 7 de novembro de 2013

SindimotoSP é recebido pelo ministro do Trabalho e Emprego Manoel Dias

Em reunião extraordinária, o SindimotoSP esteve na terça-feira (05/11) com o ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, para tratar de assuntos importantes para o setor de motofrete.  Na pauta o presidente Gil solicitou cursos gratuitos de qualificação, linha de financiamento FAT para compra de motos novas e combate às empresas clandestinas.

Na ocasião do encontro, Gil também pediu fiscalização através da Secretaria de Inspeção do Trabalho e Receita Federal nas empresas "virtuais de motofrete" que estão disponibilizando aplicativos (APP) para contratação de serviços de motofrete. O SindimotoSP entende que essas empresas são clandestinas, não respeitam os direitos dos motofretistas e oferecem retrocesso a todo trabalho do sindicato em relação a conquistas obtidas para o trabalhador.

Participaram da reunião: Eduardo Pavão (consultor da UGT), Gilberto Almeida dos Santos, Gil (presidente do SindimotoSP), Manoel Dias (ministro do Trabalho e Emprego),  Valdevan Noventa (presidente do Sindmotoristas), Canindé Pegado (secretário Geral da UGT) e Rodrigo Souza (consultor DNP)

Para ler mais sobre o assunto "empresas virtuais", clique aqui.




Nenhum comentário:

Postar um comentário