quinta-feira, 12 de abril de 2012

Sobre lobos e cordeiros

De fato, o motofrete está passando por grandes transformações. Muitas, sensacionais, como a Regulamentação da Lei Federal 12.009 que disciplina o setor em todo Brasil. Agora, o "motoca" pode ter carteira registrada, férias, 13° salário etc. Isso é conquista de pessoas sérias, tanto do lado laboral quanto patronal. Porém, vez ou outra, forças do mal, isso mesmo (do mal mesmo) se levantam para prejudicar o que está indo bem. Tudo isso movido por interesses financeiros e não os da categoria.

Fico pensando quantos litros de sangue existem em nossas ruas e avenidas de muitos motofretistas que não voltarão para casa ou família. Enquanto isso, a turma do mal, dos lobos em pele de cordeiro, tenta tirar proveito agredindo, cometendo falcatruas e toda espécie de sujeira digna de ratos que vivem em meio dela. Assim, quando vejo pessoas de (muitos) cabelos brancos que querem só tirar proveito, fico indignado.

Lendo o editorial da revista Motoboy Magazine do mês de março, fiquei feliz porque vejo que tem outras pessoas lutando para que dignidade exista também do lado empresarial. A mesma revista, publicou uma reportagem chamada "Olho no Olho" que falava de uma assembleia que os diretores não puderam participar.

Conheço a maioria deles e sei que estão engajados em resolver a situação para que o motofrete ganhe com justiça, lealdade. Por isso, você empresário, que deseja um sindicato empresarial forte e decente, deve prestar atenção e ajudar quem de fato tem feito pelo bem da categoria e não pelo interesse único de um certo "Darth Vader" que deveria ir procurar outras paragens (ou sujeira) para viver e rapinar.

Nesse sábado (14/4), haverá assembleia dos patrões e meu desejo é que a verdade, assim como a decência, prevaleça. Os diretores que foram destituídos pelo atual presidente estão cobertos de razões para fazerem o que estão fazendo, que nada mais é que exigir justiça e explicações de quem está sendo feito de laranja. Abaixo, repasso o comunicado deles e digo que, somos apenas contrários em época de dissídio, quando defendemos os interesses dos motoboys, mas fora isso, somos parceiros de quem realmente quer um motofrete saudável e que tenha dignidade e seu espaço reconhecido.

CLIQUE AQUI E VEJA O EDITAL

Abraços
Gilberto Almeida dos Santos, Gil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário